6 FATOS INCRÍVEIS QUE QUASE NINGUÉM SABE

por GABI MOTTA | 12 julho 2010

Por um motivo, por outro ou por livre e espontânea pressão de Hollywood, muitas das coisas que a gente acha que sabe sobre história (leia-se pirâmides, dinossauros, Grécia antiga e afins), na verdade, tão erradas… Quando eu vi essa lista aqui no Cracked (clique pra ver as explicações completas), fiquei bem surpresa e eu acho que vocês também vão ficar, mas é bem interessante, olha só:

 

1. As pirâmides eram branquinhas, lisinhas e brilhantes

piramide

O que a gente acha: A gente já fica tão impressionado com as pirâmides como elas são, com os blocos imensos, perfeitamente calculados, meticulosamente posicionados, que a gente acaba esquecendo que aquilo, na verdade, são RESTOS das pirâmides, aquilo tá ali há trilênios e as camadas de cima já foram desgastadas. A parada original era muito mais incrível!

A verdade: Os Egípcios eram totalmente obcecados por beleza, por brilho e por ouro, especialmente quando se tratando de morte (um salve pros Faraós!). Como as pirâmides eram os túmulos dos Faraós, os caras ficavam em cima pra ter certeza de que iam ter o maior, o mais bonito e o mais legal.

mumia

Olhando a fotinho a seguir, dá pra perceber que tinha mais uma camadinha ali em cima além dos blocões, né? Então, isso era calcário, que eles colocavam por cima pra deixar bem lisinho. Eles ainda lixavam o calcário tanto (pra elas refletirem a luz do sol até você ficar cego) que dizem que elas eram visíveis a quilômetros, mesmo à noite.

piramide2

 

 

Não satisfeitos, os caras ainda colocavam uma camadinha de ouro por cima ou de electrum (mistura de ouro e prata). Humilde, né?

 

Por que a gente erra? As pirâmides tão lá faz um tempinho, minha gente, aí os efeitos de 4500 anos acabam sendo visíveis na pele das coitadinhas… Ah, também tem o efeito chamado Cairo. Você acha que o pessoal não roubou o ouro todo pra construir essa cidade? Aham, Cláudia, senta lá…

 

2. Os Velociraptors tinham penas

O que a gente acha: Em geral os T-Rex são tidos como os dinossauros mais apavorantes EVER, mas na verdade os mais perigosos e destrutivos eram os Velociraptors, que são tipo uns mini T-Rex, só que mais rápidos e mais magrinhos. Se você assistiu Jurassic park Você tá ligado… Só faltou um detalhe…

velociraptors

A verdade: Esses monstrinhos não tinham algumas, nem uma aqui e outra ali, eles eram TOTALMENTE cobertos por penas! Calma, isso não significa que além de serem uma máquina mortífera personificada eles conseguiam voar, aí já seria demais! Acho que eles simplesmente foram precursores dos metrossexuais de hoje, dizem que os machos gostavam de ficar se exibindo pras fêmeas…

velociraptors2

Por que a gente erra: A gente só descobriu que eles tinham penas em 1998 quando acharam um fóssil lá que explicou a situação…

velociraptors4

 

3. As estátuas da Grécia Antiga eram coloridas

O que a gente acha: Quando você pensa em ‘Grécia Antiga’, o que vem na sua cabeça? Estátuas de mármore branco? Até os artistas da Renascença se basearam nesse conceito chique de ser pra fazer suas obras de arte, mas…

grecia antiga

A verdade: O senso estético dos gregos tinha uma pegada mais GLS, galere. Era tudo pintado com cores primárias e meio psicodélico, como se seu filho de 5 anos tivesse decorado a casa! :D Então, qué dizê, os caras também tavam preocupados em pôr um pouco de alegria na vida além de filosofar, teorizar e tudo mais… #FIKDIK

grecia antiga2

grecia antiga3

Por que a gente erra: É o mesmo esquema das Pirâmides. A tinta das estátuas acabou descamando com o passar do tempo, então quando as civilações mais recentes encontraram as estátuas e as construções todas brancas, eles simplesmente gostaram da idéia (devia tar rolando uma onda minimalista). O pessoal sabia que era tudo pintado, mas como isso dava um ar mais infantil àquilo que deveria ser mega respeitado (abram alas para os fundadores das civilizações ocidentais), ninguém divulgou muito essa parte e preferiram deixar tudo branco mesmo…

 

4. As pessoas não se vestiam da maneira que você pensa

roupas

O que a gente acha: Óbvio que se não tinha celular com câmera ou coisa que o valha naquela época, qualquer tentativa de retratar as vestimentas da galere é mero chute. Logo, aquilo que a gente entende como sendo as vestes tradicionais de um ninja:

ninja

de um viking:

vikings

ou de um peregrino:

peregrino

não está muito correto…

A verdade: É só refletir um pouco, se os ninjas tinham que ficar mega disfarçados, a última coisa a fazer seria se vestir com uma roupa CARACTERÍSTICA de ninja, não? O que eles faziam era tentar parecer o mais normal possível e só à noite, aí sim, vestiam roupas escuras que podiam se parecer um pouco mais com a da foto acima, mas mesmo assim, as roupas eram azul marinho e não pretas.

ninja2

ninja3

Quanto aos vikings, aqueles capacetes com chifres não fazem muito sentido se você é mega guerrilheiro… a última coisa que você quer é que seu inimigo tenha um apoio perfeito para segurar sua cabeça com as mãos, né?! Por isso que quando policiais usam gravatas, por exemplo, não são as tradicionais, elas só são presas na frente, pra se soltarem com facilidade se precisar.

viking2

Já os peregrinos, esses pegavam mega pesado na enxada, então não fazia sentido usar uma roupa super pesada que fosse atrapalhar, eles simplesmente usavam aquilo que facilitava a vida deles.

peregrino2

Por que a gente erra? A roupa dos ninjas a gente erra graças ao teatro, já que a maneira mais fácil de retratar essa figuras como assassinos sorrateiros foi vestí-los de maneira parecida com os caras que trabalhavam na coxia (que ninguém prestava muita atenção), então colocaram todos de preto e a platéia sempre tomava mega susto quando eles apareciam. Fora que preto é muito mais do mal que azul-marinho, né?

Os chifrinhos dos Vikings talvez seja uma sacanagem dos historiadores greco-romanos ou simplesmente uma mega-admiração pela forma fálica que eles usavam na cabeça (fruto da imaginação de alguém, não sei), vai entender…

Quanto aos peregrinos, aquela roupa existe, mas é um erro de personagem na verdade, quem se vestia daquele jeito eram os puritanos ingleses, que decidiram não se tornar peregrinos, mas como todos os retratos naquela época (1600), vinham de lá, a gente acabou sendo ligeiramente influenciado…

 

5. Jesus não se parece nada com a maioria dos quadros

jesus1

O que a gente acha: Vira e mexe aparece alguém falando que viu Jesus numa torrada, num sanduíche ou sei lá o quê, mas aquele que é um dos rostos mais reconhecidos no mundo, do homem branco, magro, com cabelos longos, provavelmente tem bem pouco a ver com Jesus na vida real…

jesus torrada

jesus2

A verdade: Jesus era provavelmente bem mais parecido com a galere do Oriente Médio, afinal, ele era de lá, né? Ou seja, alguma coisa desse naipe…

jesus3

Por que a gente erra: Pode culpar a galere da Renascença de novo…  Leonardo da Vinci, Michelangelo e as outras Tartarugas Ninja acabaram pintando Jesus com o ideal de beleza deles, provavelmente um homem italiano da época, sei lá… e como a influência deles no mundo das artes foi pouca, já viu, né?

jesus4

Mas dependendo da cultura, Jesus tamém já foi retrado como oriental, hispânico e talz… acho que é uma questão de aproximação e identificação de cada povo, não?

jesus5

 

6. O Big Bang não foi um Bang

big bang

O que a gente acha: Meu, óbvio que eu sei o que foi o Big Bang, olha o nome… Foi aquela BLASTER explosão, né? Então, até os documentários falam que o Big Bang que deu origem ao universo foi uma explosão, mas…

big bang2

A verdade: Então, ninguém tava aqui pra saber direito o que aconteceu, e se tava acho que agora não tá mais… Mas a teoria do Big Bang diz que o universo começou a se expandir muito rapidamente (fora mais um monte de detalhes fodas que você tem que perguntar pro Sheldon, porque eu não sei), não que ele explodiu. A maioria das divergências gira em torno da velocidade da expansão, mas não quanto à existência ou não de uma mega bola de fogo nuclear cósmica power radioativa que explodiu.

big bang3

 

Por que a gente erra: Simples, né? Pergunta pro PALHAÇO* que chamou essa teoria de BIG BANG! HAHAHAHHAHAHAHAAHHAHAHAHAHAHHAHAH

 

*Na verdade, o cara que criou a frase (Fred Hoyle) era contra a teoria da explosão e à favor da teoria de “steady state“, mas o pessoal se apegou tanto ao nome que o tiro saiu pela culatra…#MURPHYFEELINGS

 

 

Quem escreveu:

GABI MOTTA / @itsgabbi

veja + posts do autor

Comentários: